segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Friends with Benefits (Amizade Colorida)

Quem de nós meninas nunca se apaixonou por um amigo? E eu nem estou falando desse amor romântico que tantos pregam por aí. Eu falo desse amor puro que a gente sente por pessoas extremamente especiais.
Amigos são caras sensacionais, que nos entendem e respeitam nossas escolhas - sejam elas boa ou não. Amigos homens não nos julgam pelo que fazemos, nos julgam pelo que somos para eles. E quer coisa melhor que se sentir a vontade com alguém que não te analisa o tempo todo?

Mas vamos ao que interessa.
No inicio do ano quando o filme Sexo sem Compromisso com os lindos e fofos Natalie Portman e Ashton Kutcher já dava um exemplo dessa relação modernosa que alguns amigos íntimos podem experimentar, eu já fiquei meio que assustada com essa história de amizade colorida. Vejam, não que eu ache coisas assim um absurdo, mas é que eu não acredito que uma coisa assim funcione por muito tempo sem estragar a relação entre as duas pessoas envolvidas.
A diferença entre Sexo sem Compromisso e Friends With Benefits (Amizade Colorida) é que no caso do segundo filme a história é mais leve e por consequência mais divertida. Não há uma obrigação em justificar a opção do casal principal da trama e nem há uma moral da história, o que deixa o filme ainda mais legal.
O filme já começa de maneira engraçada ao mostrar os personagens centrais da trama levando um fora de seus respectivos namorados simultaneamente... é hilário o Justin Timberlake sendo deixado pela Emma Stone (o amor do novo homem aranha) com a frase: não é você, sou eu. Eu não estou mais afim de você. Adorável aquela louquinha rouca.
Assim, Jamie em Nova York (que cidade linda - o filme te deixa com água na boca daquele lugar) e Dylan em São francisco decidem que chega dos sofrimentos causados por relacionamentos amorosos.
Jamie vive sozinha e é uma caçadora de talentos. Dylan é um jornalista que trabalha em um site de notícias e vive com a família. Quando Jamie convence Dylan a largar seu emprego em São Francisco e se aventurar pela big apple os dois descobrem o prazer de uma boa amizade e, apesar de atraídos um pelo outro, decidem renunciar a um provável relacionamento amoroso em nome de uma amizade sincera.
Tudo ia muito bem até que os dois solitários-e-carentes resolvem que essa relação de amizade poderia sim ter alguns benefícios: sexo sem compromisso.
O casal se dá muito bem nesse relacionamento casual e se divertem muito (como se divertem, viu galera?!) até o dia em que percebem que aquilo que eles mais temiam aconteceu. Estavam envolvidos até o ultimo fio de cabelo.
Vou parar por aqui para não estragar o filme...
O que dá pra perceber através da história é que as melhores relações nascem de uma amizade sincera. Pois paixão acaba e o amor amorna... quando tudo isso acontece o que sobra é u sentimento puro de companheirismo; esse tipo de companheirismo que só se tem com um grande amigo. Afinal, o amor de sua vida é também o seu melhor amigo.

Nota 8,5

Filme gostoso para um sábado à noite... sem compromisso, só diversão mesmo. 

Enjoy ;)


Jor

Um comentário:

  1. Gradualmente borrar as linhas entre o sexo casual e verdadeiro romance, dar um passo atrás e reavaliar suas vidas juntos. Amizade Colorida É um filme muito engraçado com uma história inteligente

    ResponderExcluir